Meus amigos gurus não concordam com isso mas…

Share

Sábado passado, tirei um tempo e depois de almoçar com meus filhos, atravessei a baía de Guanabara até Niterói para um bate papo na cobertura do meu querido amigo Bruno Juliani onde também estava um outro grande parceiro,o Serginho também conhecido como Dr. Vendas…

E entre um chopp e uma fatia de picanha, falávamos sobre algo que todos nós temos observado no Brasil entre os empreendedores digitais…

Por alguma razão criou-se por aqui a cultura de que consultoria ou coach é algo que não vale a pena fazer simplesmente porque você estaria trocando tempo por dinheiro e isso parece ser um pecado mortal para muita gente, inclusive alguns de nossos próprios amigos…

E o que dizíamos é que prestar serviço ou fazer consultoria e/ou coach talvez seja o melhor modo de se começar qualquer negócio e o mais fácil de se conseguir clientes…

O Juliani fez até umas contas e chegou a conclusão que se ele largasse tudo hoje e fosse viver só de atendimento como coach e reduzindo sua hora para R$ 500,00, ganharia em média R$ 30.000,00 mensais…

Nada mal para se começar um negócio que não tem praticamente nenhuma despesa ou funcionário.

E tanto eu como o Serginho, não estamos nem um pouco chateados com o que ganharmos fazendo consultoria para grandes empresas, mesmo já tendo outros negócios e produtos.

Eben Pagan ( guru americano que já vendeu mais de 100 milhões de dólares pela internet ) diz que o melhor modo de se começar a construir um negócio digital é com coach ou consultoria.  Segundo ele, isso ajuda você a entender exatamente os problemas que seu cliente vivencia e também a testar sua solução e a colher feedbacks que possam melhorá-la, para só então partir para a construção de um produto digital.

Jay Abraham, famoso consultor de negócios e um dos percursores do marketing direto no mundo, diz que existem negócios que tem CLIENTES e outros que tem CONSUMIDORES, e que  diferença é que cliente é alguém que paga pelo seu conselho sobre COMO FAZER e consumidor é alguém que apenas compra uma determinada informação sobre O QUE FAZER.  E que conquistar clientes é muito mais fácil do que consumidores por terem demandas mais bem definidas.  Além disso ele diz que clientes pagam muito mais.

Quando alguém me pergunta, se trocar tempo por dinheiro é um bom negócio eu sempre respondo:

“Tudo depende de quanto tempo, e de quanto dinheiro estamos falando…”

O fato é que para entrar nesse jogo, a primeira coisa que você deve aprender é a conquistar clientes.

Pense Grande

 

Share

Comente com Facebook

  • Show Sandro…
    Foi muito bom receber você no sábado.
    Eu também aprendi demais com a nossa conversa.
    Um forte abraço,
    Bruno Juliani.

Share